sexta-feira, 21 de julho de 2017

Preguiça - O lado ruim de estudar por conta própria

Acredito que o inverno aumenta a preguiça. Concorda?

Ao ler o post do amigo VDC intitulado "Preguiça", me dei conta de como ando preguiçoso ultimamente. E para tentar mandar ela embora, resolvi estender o assunto aqui. Ao menos estou malhando direitinho, aumentando os pesos conforme passa a semana, algo que não estava fazendo há tempos.

Também voltei a estudar PHP, para quem não é de TI, php é uma linguagem de programação. É bem usada em sites. Dificilmente você não passou por um usando essa linguagem.

Se você pensa em programar e procura um lugar para aprender, te recomendo o site Codecademy. Lá tem não somente php, mas outras linguagens de programação como Javascript, Python, entre outras. O único requisito do site é que você saiba inglês. 

Mas, tirando esses dois pontos positivos, a preguiça está vencendo em outros âmbitos. Na alimentação, ao chegar em casa depois de um dia de trabalho, o que mais procuro ultimamente é o mais fácil. E infelizmente, o mais fácil não é saudável.


Já na parte educacional, falei aqui e em outros lugares que voltaria a estudar alemão. A ideia era começar há duas semanas. I failed it! É, não rolou. Remarquei para semana passada. O que aconteceu? Nada! A preguiça, (para colocar a culpa em alguém) não deixou eu dar o start.

Mas essa semana eu consegui ao menos sair da inercia. Abri o Duolingo, para quem não sabe o idioma Alemão já está disponível para aprendizado, e comecei a estudar novamente pontos que já havia feito.

Não foi nada demais, mas consegui sair do ponto zero. Em breve um post mostrando como estudarei alemão.

Preguiça - O lado ruim de estudar sozinho!
Essa foto me representa! 

Esse é o pior problema que vejo ao estudar sozinho. Você precisa criar mentalmente uma obrigação de se começar aquilo. E se por trás disso não houver uma boa justificativa, um bom porquê de se fazer o que quer que seja, a coisa não anda.


Aqui entra a justificativa que alguns dão por preferirem se matricular em alguma escola física para aprender algo ao invés de estudar em casa, estudar sozinho. Pois você estará num lugar que teoricamente será obrigado a estudar.

Eu refuto a ideia acima na questão dos idiomas. Para aprende-los você não pode ficar preso a um lugar. Você precisa incorporá-los ao seu dia a dia. Você precisa estuda-los aonde quer que esteja. Se não fizer isso, o dinheiro pago a escola pode estar sendo desperdiçado.

Como descarto a ideia de me matricular onde quer que seja, principalmente porque sei que jogarei dinheiro fora, tento criar a motivação necessária para atingir meus objetivos. E escrevendo aqui, vejo o porquê da preguiça estar vencendo.

Primeiro a questão do foco. Tenho uma mania impressionante de tentar aprender várias coisas em paralelo. O resultado é que acabo não concluindo metade do que comecei, geralmente não termino nada quando ajo assim.

E segundo, a necessidade. Essas três semanas de tentativas em estudar alemão, acredito que a preguiça saiu vencedora por eu não "precisar" desse idioma. Estudar só porque acho legal não está ajudando. E acredito que enquanto eu não encontrar uma motivação para aprende-lo, enquanto não colocar na cabeça que preciso aprender isso, ficarei patinando, patinando e não saindo do lugar...


Se você está sofrendo nesses pontos como eu, talvez esteja ai a explicação...



See ya!

20 comentários:

  1. Lendo seu post lembrei de uma tirinha que mostra um cara fazendo diversas coisas: tocando instrumento, cantando, dançando, estudando, etc.
    Aí alguém pergunta: "Como você consegue fazer "todas essas coisas?"
    E ele responde: "Sendo péssimo em todas elas".
    hauhuaau

    ResponderExcluir
  2. Estou estudando inglês e espanhol no momento. Às vezes eu estudo os dois ao mesmo tempo ("matando dois coelhos com uma cajadada só. rsrs). A preguiça bate, mas temos que seguir em frente.
    Uma coisa que notei aqui na finansfera é a quantidade grande de blogueiros da área de TI. Eu, você e muitos.

    Força aí, cara.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ae Cowboy! inglês e espanhol é tranquilo de estudar juntos pois não são linguas "irmas" já alemão e inglês não dá. Os dois tem muita coisa em comum.

      Cara sobre TI, é impressionante mesmo. Há muita gente da área. E o interessante é que poucos falam sobre ela hehehe

      Valeu! Abraços!

      Excluir
  3. Muito se resume à necessidade. Quando a gente se sente confortável onde estamos, acaba sendo preguiçoso. Tudo o que eu não fiz na vida foi por estar confortável sem tal coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso CF. Eu mesmo progredi bem no meu trabalho quando eu precisava me virar, sabe quando você tem duas opções "fazer ou fazer"

      Consegui evoluir meu inglês encarando-o assim...

      Excluir
  4. É II, eu senti bem isso quando eu saí da empresa e comecei a trabalhar aqui de HO. Mas acredito que o problema maior seja de foco e não de preguiça. Com esse mundo de zapzap e redes sociais, vc é levado facilmente a não completar as tarefas a que se propõe.

    Uma das coisas que faço aqui é agendar todas as tarefas, inclusive as recorrentes e (tentar) cumprir a cada dia o que programei. Desligar zapzaps e usar a técnica Pomodoro também ajuda bastante. Mas muitas vezes me vejo com o tempo desocupado também... Daí entra o Kindle na história rsrs

    Enfim, lembre que todos nós nascemos com um mesmo recurso: o tempo. E o que faremos com ele definirá o que seremos no futuro.

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André! Também acho que seja foco. As vezes ficamos sem saber o que fazer e para não ficar parado, vamos atirando pra tudo que é lado. Dai já viu não é?

      Eu preciso me organizar, ultimamente as tarefas estão agendas apenas na "cabeça".

      Cara, estou pensando em adquirir um Kindle. Você se dá bem com o seu?

      E valeu por essa bela reflexão!

      Abraços!

      Excluir
    2. Me metendo no assunto... Kindle é ótimo!
      Tinha um super preconceito por adorar livros físicos, mas te digo que só facilita a vida de quem gosta de leitura.
      Comprei o meu primeiro numa das promos da Amazon por R$199, fui visitar minha avó e ela - totalmente avessa às tecnologias - adorou! Acabei dando de presente para ela, ela assina o Kindle Unlimited e eu vivo baixando uns livros também, já que ela lê todo dia antes de dormir.
      Depois disso resolvi investir num Kindle Paperwhite pra mim, é mais caro e parece que a luzinha é frescura (até é), mas também é muito bom você não precisar levantar da cama para apagar a luz ou ler durante viagens de ônibus. Eu gosto bastante, a bateria dura muito e recomendo pra todo mundo.

      Excluir
    3. Obrigado pelo relato Ryca!

      Confesso que estou na maior dúvida. Agora com suas palavras, estou pendendo mais para a compra. Vamos ver rsrsrs

      Valeu mesmo!

      Excluir
  5. Pois é inglês, tudo que a gente faz, se não for com um propósito, acaba saindo mal feito ou simplesmente não conseguimos concluir.

    Por isso que antes de iniciar um projeto (seja abrir uma empresa, estudar pra concursos, aprender um idioma) é interessante ter uma visão, mesmo que turva, de pra onde estamos caminhando, assim os percalços do caminho tornam-se mais suportáveis.

    Nosso tempo é, em geral, escasso, não adianta usá-lo em coisas que não nos trarão benefícios.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Ministro!

      Concordo, sem um objetivo claro as coisas não andam...

      É verdade, precisamos ponderar no que gastar nosso tempo!

      Abraços!

      Excluir
  6. Isso é normal tudo o mundo tem preguiça,pois a nossa mente sempre escolhe o mais fácil e simples.

    O jeito é fazer sem vontade, esforçar ao máximo no inicio para estudar, aprender, fazer, depois com o tempo a motivação começa a melhorar, a medida que vai evoluindo nos seus objetivos.

    Acho que uma das características das pessoas com sucesso é que fazem as coisas por conta própria mesmo sem ter vontade, enquanto as outras pessoas não fazem.

    Abraços e força nos estudos

    ResponderExcluir
  7. Tive que juntar forças para comentar, que preguiça rs.

    Realmente estou muito preguiçoso nos últimos dias.

    Várias atividades tenho postergado, como você disse II.

    Acho que estou precisando de umas férias pra juntar energia.

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É VDC, as vezes a preguiça é um sinal para pararmos rsrs E nada como umas férias para uma retomada...

      Abraços!

      Excluir
  8. Lutar contra a preguiça e as diversas distrações do dia a dia não é uma tarefa fácil.
    Infelizmente a preguiça vem sendo como uma sombra em minha vida, um encosto!
    Estou criando coragem para enfrentar alguns desafios, o primeiro deles é acabar com essa preguiça ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo anônimo, não é fácil.

      Precisamos criar um modo de vence-la. As vezes ela parece imbatível kkk

      Excluir
  9. Você aprendeu Inglês sozinho? Tem algum site/material para indicar pra quem deseja começar, além do Duolingo.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo! Sim, aprendo sozinho. E sozinho consegui chegar a um nível intermediário digamos. (entendo bem o que falam, consigo escrever alguma coisa, falo também o básico)

      Aqui o post como fiz isso http://investidoringles.blogspot.com/2016/12/como-aprender-ingles-gratis-pela-internet.html

      Abraços e obrigado pela visita!

      Excluir