quarta-feira, 7 de junho de 2017

Por que dar presentes nem sempre é uma boa ideia?

Comprar presentes é até legal, mas tem uns poréns...

Ao ler o post do Seu Madruga, (leia-o e depois volte aqui!) lembrei por que dar presentes nem sempre é uma boa ideia. Na hora em que terminei de ler o post dele e fui comentar, veio a lembrança de um final quase infeliz por parte de uns conhecidos.



O presente que saiu mais caro do que o previsto


   "Era aniversário de um garotinho. Garotinho este que não se importava muito com brinquedos. Sua felicidade estava em "estar na rua" e soltar pipa. Se juntasse as duas coisas então, o menino entrava em êxtase.

A comemoração de seu aniversário foi na casa de um de seus parentes. O local era a maior casa da família, com isso era comum a realização de festas nela. Apesar de grande, para o menino havia dois problemas;

- A casa não é "rua";
- Sem chances de soltar pipa aqui;

Quanto aos familiares, alguns muito ligados na cultura de presentear, começaram a provocar o garotinho;

- Ei, não quer saber o que você vai ganhar?

O menino as vezes parava para escutar, outras dava de ombro. O interessante é que era nítido que ele não estava nem ai para o que compraram a ele. 

Bom, Eis que chega o momento do parabéns e consequentemente a entrega dos presentes. Um dos familiares (observador por sinal), ganhou a moral do moleque. - Ele presenteou o garotinho com uma pipa.

A felicidade do menino era fácil de ser percebida. Ele não via a hora de pegar aquela pipa e correr para a rua afim de soltá-la. Mas, seus pais não o deixaram pois ainda havia presentes a receber.

Então, chega a hora dos familiares que ficaram o instigando para saber o que é que eles tinham comprado. Ao entregar o presente, o menino fez esta cara;

Por que dar presentes nem sempre é uma boa ideia? Acho que respondi, certo?

Espantados com a reação do garotinho, já que imaginaram que ele amaria ganhar um jogo de boliche, os familiares resolveram agir para não ficarem tão "mal na fita". Eis a solução deles;

- Ei garotada, prestem atenção; Quem derrubar todos os pinos, ganha R$1,00 do tio aqui!

A primeira rodada quase não ajudou a melhorar a "imagem" dos tios. Afinal, as crianças não conseguiram derrubar todos os pinos e estavam a ponto de desistir do brinquedo. Então, reformularam o desafio;

- Quem derrubar os pinos ganham R$1,00! Vamos lá!

E assim, as crianças começaram a derrubar os pinos e estender a mão para receber seu pagamento. Foi assim até a carteira do tio se esvair..."


Moral da história


(Os tios se fu*&%@m auhahuuahhu) Brincadeiras a parte, se já conhecendo bem quem você vai presentear a tarefa já não é das mais fáceis, imagina não conhecendo...

Por isso, pense bem antes! Se não você pode ficar igual aos tios ai da historinha...

Será que não é melhor estar presente na vida das pessoas para ser lembrado por sua presença?      Pense nisso!


Posts Relacionados






See ya!

8 comentários:

  1. Cara, dar presente pra criança é o DJANHOOO! hahahahah

    Esses dias fui no aniversário da filha de um amigo. Fui no shopping mas fiquei bem indeciso sobre o que comprar. Liguei pra ele e perguntei com o que ela gostava de brincar. Eis que ele me disse que "qualquer coisa de dinossauro deixa ela doida".

    Comprei um dinossauro de brinquedo e a pequena endoidou mesmo! Ficou o resto da festa brincando com aquilo.

    No fim das contas, acho que é válido falar com os pais e sondar os interesses da criança. O menino da sua história com certeza ia explodir de felicidade se tivesse ganho várias pipas! =D

    A galera inventa onda pra comprar presente de criança (e como tem brinquedo caro!), quando as vezes o interesse do pequeno é algo bem simples e barato de conseguir...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wannabe!

      Verdade cara! e bem isso mesmo... as vezes elas nem querem presentes (tá meio raro, mas acontece)

      Abraço!

      Excluir
    2. Eu tenho uma irmãzinha criança e dei um boneco do Nemo (do Procurando Nemo) pra ela... ela deixou o boneco de lado e ficou brincando com a caixa de papelão. Vai entender.

      Excluir
    3. Não dá para entender Madruga... acontecia o mesmo com o meu irmão

      Excluir
  2. Olá, sr. Inglês!

    Poxa, custava eles fazerem uma festinha num lugar aberto ou próximo da rua pro garoto soltar a pipa dele? Tadinho!

    Cara, to lembrando no Natal passado, eu tava TÃO DURA que honestamente queria ter ganho meu presente de Natal todo em recarga de Rio Card (pobreee). Ganhei bolsa, blusinha, etc e nada disso foi de grande serventia na época.
    Presente bom é aquele que o aniversariante precisa. Ponto.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sra Jacque!

      Então, custava? Coitado mesmo rs

      É verdade, concordo com você!

      Abraço!

      Excluir
  3. Olá, Inglês.

    Já presenciei estas situações inúmeras vezes e o pior, quando ganho um presente que não me agrada eu não consigo disfarçar. Hoje em dia, quando alguém expressa o desejo de me presentear eu já digo logo o que eu quero, geralmente coisas de baixo valor e que me serão úteis. Peso encarecidamente que não inventem outro presente pois será perda de tempo e dinheiro.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá G65!

      Entendo você. E quando nos presenteiam com coisas para casa? Tipo, um quadro religioso, um enfeite para por no rack (não curto nada em meu rack) Cara, eu detesto ganhar essas coisas...

      Abraço!

      Excluir