quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

A crise no Brasil - Não deixe ela acabar com você ou sua empresa


E essa crise no Brasil hein!  Quando será que voltaremos a crescer?  (pergunta difícil?, eu sei...)

Comentei aqui, que onde trabalho passa por uma tremenda crise. E isso não é exclusividade dela, pois o Brasil inteiro está sofrendo. Mas o que me deixa triste, foi o modo com que ela resolveu encarar essa situação.

Como encarar a crise que assola o Brasil

Encarando a crise pelo lado negativo


Infelizmente, os lideres (diretores) se deixaram abater com a crise e transformaram o bom ambiente de trabalho em um ambiente ruim, a ponto de você "evitar" contato com seus superiores, devido ao stress que os mesmos tem apresentado.

Além de deixarem o ambiente de trabalho pesado, (ambiente este que não favorece negócios, ou seja nada ajuda a enfrentar a crise) adotaram um clássico discurso para esses momentos;

 - Não dá pra fazer!  Estamos em CRISE!  - Precisamos cortar Custos!

Abaixo, uma história ilustrando bem esse cenário;



O Vendedor de cachorro quente e a crise

Infelizmente a crise derrubou o vendedor de cachorro quente...

Um homem vivia à beira de uma estrada e vendia cachorros-quentes. Não tinha rádio, não tinha televisão e nem lia jornais, mas produzia e vendia os melhores cachorros-quentes da região.
Preocupava-se com a divulgação do seu negócio e colocava cartazes pela estrada, oferecia o seu produto em voz alta e o povo comprava e gostava.
As vendas foram aumentando e, cada vez mais ele comprava o melhor pão e as melhores salsichas. Foi necessário também adquirir um fogão maior para atender a grande quantidade de fregueses.
O negócio prosperavaOs seus cachorros-quentes eram os melhores!
Com o dinheiro que ganhou conseguiu pagar uma boa escola ao filho. O miúdo cresceu e foi estudar Economia numa das melhores Faculdades do país.
Finalmente, o filho já formado, voltou para casa, notou que o pai continuava com a vida de sempre, vendendo cachorros-quentes feitos com os melhores ingredientes e gastando dinheiro em cartazes, e teve uma séria conversa com o pai:
 – Pai, não ouve rádio? Não vê televisão? Não lê os jornais? Há uma grande crise no mundo. A situação do nosso País é crítica. Há que economizar!
Depois de ouvir as considerações do filho Doutor, o pai pensou: Bem, se o meu filho que estudou Economia na melhor Faculdade, lê jornais, vê televisão e internet, e acha isto, então só pode ter razão!
Com medo da crise, o pai procurou um fornecedor de pão mais barato (e, é claro, pior). Começou a comprar salsichas mais baratas (que eram, também, piores). Para economizar, deixou de mandar fazer cartazes para colocar na estrada. Abatido pela notícia da crise já não oferecia o seu produto em voz alta.
Tomadas essas ‘providências’, as vendas começaram a cair e foram caindo, caindo até chegarem a níveis insuportáveis. O negócio de cachorros-quentes do homem, que antes gerava recursos… faliu.
O pai, triste, disse ao filho: – Estavas certo filho, nós estamos no meio de uma grande crise.
E comentou com os amigos, orgulhoso:
– Bendita a hora em que pus o meu filho a estudar economia, ele é que me avisou da crise…


autor desconhecido
 

Moral da História


Na história acima, vimos que o filho do senhorzinho acabou com seu negócio por encarar a crise de uma forma errada. Ele não olhou para as qualidades do empreendimento, simplesmente seguiu o pânico que as noticias passavam e com isso influenciou seu pai a adotar medidas que não condiziam com seu negócio.

Espero que os filhos dos diretores não sejam economistas...



Como encarar a crise?

O que fazer para superar a crise?


Para nós assalariados, o jeito é engordarmos nossa reserva de emergência, (se não tem, comece a montá-la) estudarmos alternativas (empreender, por que não?) comunicar sua família sobre a situação e o que considero o ponto inicial;

 - Não se desespere!  Não se deixe abalar pelo ambiente ruim onde trabalha. Faça uma atividade pós expediente! (jogue videogame, pratique esportes, leia!) Chegar em casa e ficar assistindo TV não é uma boa ideia, a menos que você vá assistir um filme ou uma série (Já assistiu Breaking Bad, não tem nada a ver com o que estou falando, mas é muito boa rsrs)

Enfim, o mundo não irá acabar. É apenas um ciclo natural da vida!  Lembre-se!  Crises geram oportunidades... (será que não chegou sua hora???)

Aos empresários, cito aqui alguns textos retirados da internet;

Alexandre Lafer Frankel, CEO da Incorporadora e Construtora Vitacon: usar a criatividade, unir a equipe e buscar novas formas de negócio são ações que devem estar presentes no dia a dia do empreendedor.  
Faisal Ismail, presidente da Ortoplan – Especialidades Odontológicas: organização é fundamental para se manter bem neste momento e até para conseguir crescer quando o cenário voltar a ser de prosperidade novamente.


Termino o post indicando o livro Quem mexeu no meu queijo!  Já leu?  Não? Veja aqui minha resenha!!!

Livro que fala sobre o impacto das mudanças em nossas vidas
Livro recomendadíssimo!!!



See ya!

14 comentários:

  1. Excelente II...

    É o que eu sempre digo pro pessoal, parem de ficar internalizando esse negócio de crise: aí tá em crise... ai tem que cortar, ai tem que não sei o que... Além de ser extremamente chato (não vai mudar nada se ficar choramingando, é extremamente prejudicial, pois a pessoa absorve esse sentimento e ele passa a balizar todas as suas ações nas mais diferentes esferas da vida dela...

    O relacionamento entra em crise, a família entra em crise, as finanças entram em crise, enfim, a melhor maneira é encarar o momento como oportunidade, como você bem disse...

    Abraços e Suce$$o amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Noimon!

      Obrigado! valeu pela visita!


      Abraços!

      Excluir
  2. Excelente! O modelo mental de encarar a crise faz toda a diferença!

    Abç!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom esse texto é tbm o livro.
    Passo aqui apenas pra ratificar a sua indicação.
    Abraco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Investidor Mineiro!

      Obrigado pela visita! O livro é muito bom!

      Abraço

      Excluir
  4. Olá Inglês.
    Há crises e sempre vai existir. O problema é que as pessoas gostam muito de notícias ruins, dão muito ouvido a mídia.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy! Sim, infelizmente as pessoas dão muita ênfase as noticias ruins...infelizmente

      Abraços

      Excluir
  5. Fala Inglês, valeu por me botar na sua lista de links. Coloquei o seu blog também. Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Inglês, excelente post!
    Assim como em qualquer área da vida, o pânico só faz a gnt cagar nessas horas.
    É como eu sempre falo com os colegas de trabalho: - nem me estresso mais.
    Faço o meu seu que vai dar certo.
    Vou anotar o livro aqui como sugestão, espero que seja muito bom! haha

    Abs

    ResponderExcluir
  7. As vezes na crise surge as oportunidades. Bom tema esse levantado no seu post.

    ResponderExcluir