Carteira de Ações - Maio 2017 - Investidor Inglês

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Carteira de Ações - Maio 2017

Essa era minha carteira de ações em Maio de 2015

Wow!

2 anos já do meu segundo post sobre minha carteira de ações. A imagem acima mostra as ações que eu tinha em Maio de 2015.  Cara, como o tempo passa, não?

O primeiro post falando sobre elas, que você pode conferir aqui, não mostra muita diferença para a carteira de maio do mesmo ano. Já para 2017, há algumas mudanças sim. Mas, digamos que a base ainda está a mesma.

Bom, vamos a carteira atual...


Carteira de Ações do Inglês - Maio 2017


Essa é a minha carteira de ações em Maio de 2017

Essas são as ações que contemplam minha carteira atual. Veja que de 2015 para cá, ABEV3, WEGE3, ODPV3, EZTC3 e TAEE11 se mantiveram firmes em minha posse.

Dias atrás organizando minha planilha de ações, puxei a rentabilidade histórica da minha carteira. E se eu pegar somente essas cinco ações que acabei de mencionar, minha rentabilidade fica assim;


  • ABEV3 - Preço médio R$16,72 - rentabilidade 8,25%
  • WEGE3 - Preço médio R$15,81 - rentabilidade 15,88%
  • ODPV3 - Preço médio R$10,75 - rentabilidade 9,02%
  • EZTC3 - Preço médio R$14,67 - rentabilidade 23,99%
  • TAEE11 - Preço médio R$20,39 - rentabilidade 7,80%

E somando a rentabilidade dessas ações ai, o resultado da carteira fica em 13,57%. Isso desde sua formação, que começou em 2013 com a compra mensal de R$100,00 em ABEV3!

É você  não leu errado, entrei na bolsa em 2013 comprando todo mês R$100,00 de ABEV3!  Usei e ainda uso a estratégia que postei aqui.

Se você consegue poupar ao menos isso para colocar em renda variável, veja que há um jeito de entrar nela...

Voltando a carteira, adicionando minhas últimas compras, que foram RADL3, UGPA3, GRND3 e MDIA3, a rentabilidade da minha carteira cai para 10%.

Nem preciso puxar a rentabilidade do CDI, certo?  Só não estou tomando uma bela surra, pois também aplico no CDI.

Por isso a importância da diversificação... Eu prefiro não colocar todos os ovos em uma cesta.  Devido a isso, a minha evolução patrimonial de 2013 até hoje está em 76%...

Voltando a minha carteira de ações, a rentabilidade não está levando em conta os dividendos e juros sobre capital recebidos. It's my fault! Sorry guys...



Assim que apurar isso, volto aqui para mostrar a diferença.  

Será que alterará muito o resultado?

Também deixo para o próximo post, as alterações que fiz na carteira conforme os anos...





See ya!

20 comentários:

  1. Sua carteira atual, só ótimas empresas. Acho que os dividendos melhorará a rentabilidade, mas nem tanto.

    ResponderExcluir
  2. Sua carteira de ações está composta por empresas resilientes. Seu risco está pulverizado em setores e segmentos diferentes. Cabe ressaltar a concentração na questão geográfica (100% Brasil). Embora a ABEV tenha operações no Caribe e América do Sul e a WEGE realize vendas para Europa, Américas e Ásia, é recomendável a diversificação geográfica de modo mais incisivo. Isso inclui também riscos políticos e econômicos no país de origem da custódia de seus ativos (100% Brasil).

    Apenas a título de exemplo, Portugal já teve um congelamento da Bolsa de Valores no século passado, após socialistas alcançarem o poder.

    Abs Investidor Inglês e parabéns pela caminhada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita Termos Reais!

      Eu tenho um percentual em stocks nos EUA! Tenho algumas ações lá também

      Abraços!

      Excluir
  3. Legal II! No seu futuro cálculo, lembre de considerar a inflação também. Rentabilidade real é a chave!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Esta carteira está muito tradicional, precisa de uma pimenta aí no meio, rs. Brincadeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Uó! Em breve deve surgir uma pimenta ai hehe

      Excluir
  5. Só tem empresa boa na sua carteira Inglês.
    Só a Kepler que eu acho ruim porque tem dado prejuízo nos últimos trimestres, mas não conheço as perspectivas dela para o futuro.

    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá KB!

      A Kepler não está mais, logo posto as alterações que minha carteira sofreu durante esses anos.

      Abraços

      Excluir
  6. Olá Inglês,

    Para analisar a rentabilidade, você utilizou o valor médio de aquisição ou o valor ajustado a proventos? Acho que se você quiser saber a rentabilidade da carteira seria melhor utilizar a Planilha do ADP.

    Eu digo isso porque utilizando o valor médio de aquisição a rentabilidade da minha carteira é 27,6% utilizando o valor médio de aquisição e 51% utilizando a planilha do ADP no mesmo período (Desde Janeiro 2016).

    Nós temos uma carteira parecida, bastante conservadora. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aportador!

      Eu usei o valor médio de aquisição. Vou conferir a planilha do ADP!

      Abraço!

      Excluir
  7. Muito boa sua diversificação e bem equilibrada, Inglês!

    Dá uma olhada nessa hipótese que O Aportador falou e veja se fica mais fácil pra acompanhar!

    https://funcionariopublicoinvestidor.blogspot.com.br
    Abc

    ResponderExcluir
  8. Cara, muito bom. Tô nesse meio também e seus post estão bem esclarecedores, continue assim, todos agradecem hehe. Parabéns.

    Apesar de acompanhar há algum tempo, to entrando nesse meio da blogsfera agora, segue meu blog:
    https://diariodefinancasonline.blogspot.com.br/

    Forte abraço e fica com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vindo Investidor Online! Legal vou conferir seu blog!

      E obrigado! :D

      Abraços

      Excluir
  9. Bela carteira...pena que são empresas sólidas demais para ter crescimento grande, mas para quem quer estar na RV sem riscos, elas são boas escolhas.

    Parabéns !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Poney!

      É verdade, nesses quatro anos acompanhando a bolsa, percebo como empresas grandes se "mexem" pouco na bolsa

      Valeu!

      Excluir
  10. Olá II

    Vejo que tirou as de commodities

    Realmente empresas de commodities e cíclicas para o longo prazo não combinam muito bem.

    ResponderExcluir