Março 2017

sexta-feira, 31 de março de 2017

Seguindo o exemplo do nosso amigo Uó, monto o post de hoje brincando com a hashtag do Twitter #MinhaMetaDeVidaÉ. Vamos ver qual é a meta do Investidor Inglês?

Acreditem, minha meta de vida não é a Independência Financeira. Você talvez pense "Como assim Inglês?  ou melhor "What the fuck você está dizendo?" rsrsrs  Mas é a verdade. A minha meta de vida é aprender o máximo de coisas que eu puder fazer! 

Meta estranha?  É pode ser, mas é o que eu realmente gosto de fazer. Gosto de aprender coisas novas. Não pretendo saber falar apenas Inglês. Por que não falar Alemão?  Quem sabe Chinês? Bem, não me imagino falando chinês.  Porém, quem sabe eu a estude?  Vai saber...

Minhas 5 metas de vida


Definindo as metas de vida


  • Aprender idiomas. Quantos?  Não sei...

  • Aprender outra profissão...

  • Conhecer o Mundo.  Quantos países? Também não sei...

  • Conquistar a Independência Financeira

  • Viajar sem destino.

Meu, olha o que essa garota fez!

http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2017/02/jovem-percorre-mais-de-8-mil-km-pela-america-do-sul-com-moto-de-125-cc.html
Vejam o feito dessa garota!  

#MinhaMetaDeVidaÉ


Bom, o que a galera está postando...




Voltando as minhas metas, viu que elas são diferentes das que estabeleci no final de 2016?  E percebeu que a maioria delas não estão claramente definidas.  Ou seja, não estão quantificadas. Sim, fiz de propósito. Como assim Inglês?  Vou explicar...



A Importância de definir claramente as metas


Viram que uma de minhas metas é aprender idiomas. Bom existem muitos idiomas não é verdade? Se eu não definir quantos idiomas eu quero aprender, ou seja, quais idiomas eu quero aprender de inicio, qual idioma será o primeiro. Sem fazer essas definições, fica praticamente impossível cumprir isso.

Logo, eu poderia riscar a meta "aprender idiomas" e colocar apenas os idiomas que escolhi aprender primeiro. Ou posso dentro de "aprender idiomas" criar sub-metas definindo os idiomas que aprenderei primeiro.  

Portanto, quantifique suas metas! 


Alguém pode falar "Pô Inglês, o que isso tem a ver com finanças"   Caro gafanhoto, isso tem tudo a ver!

a meta "Independência Financeira" é muito vaga.  Como saber se estou nela se não sei o montante necessário para me tornar independente ?  É preciso definir os números, e isso é com você!




See ya!

quarta-feira, 29 de março de 2017


Descubra o significado da sigla DSOP logo mais...


Ando ausente do blog devido a um projeto que estou colaborando na empresa onde trabalho. E foi através dele que encontrei o DSOP.
Em pesquisas sobre educação financeira, achei essa sigla e fiquei curioso em saber do que ela se trata.

E você, sabe o significado de DSOP?

Bom, chega de enrolação. Vamos descobrir o que é...

O que é DSOP? 


   DIAGNOSTICAR
   SONHAR
   ORÇAR
   POUPAR

DSOP é uma metodologia que visa a realização dos seus sonhos através de um planejamento financeiro. É um método que não fica só no controle de renda-gastos. Ele adiciona os seus sonhos nessa fórmula. Quer comprar uma casa?  Ela será inserida na sua planilha. Quer fazer aquela viagem? Também será inserida na planilha.

Com esse procedimento, seus sonhos estarão anotados e você terá uma noção de tempo/dinheiro para realizá-los!



Veja o vídeo abaixo explicando melhor esse processo; (são menos de 3 minutos)



Como aplicar essa metodologia?


DSOP começa com um diagnóstico da sua vida financeira. Para quem já está habituado a controlar a renda/gastos através de uma planilha/caderno/aplicativo, está etapa será fácil. Caso você não controle suas finanças, eu tenho um post mostrando como eu cuido da minha(veja aqui).

A segunda etapa após o diagnostico são seus sonhos! Anote os sonhos que você pretende realizar em curto/médio/longo prazo. Depois de anotado os sonhos que você deseja alcançar, vem a terceira etapa...

No jeito DSOP de fazer, você deve cotar o custo dos seus sonhos
É hora de cotar seus desejos...

Orçar. Nela você irá atrás de quanto custa para realizar seus sonhos. Anotou o sonho da casa própria?  Quanto ela custa?  Você irá atrás desse valor para colocar em sua planilha. E dessa forma fará o mesmo para todos os seus sonhos.

Com um diagnóstico da sua situação financeira, tendo anotado os seus sonhos e principalmente seus valores, ou seja quanto custa para realizar cada sonho, chegamos na ultima parte do método que é poupar.  Nessa etapa você irá determinar um valor que será destinado a realização dos seus sonhos.

Para isso, gosto de usar uma fórmula do Excel;

=vf(taxa de juros/12;tempo;-valor mensal)

Essa fórmula te traz o valor que você terá com a soma da taxa de juros + o tempo que você aplicou o dinheiro + a quantidade de dinheiro colocada mês a mês.  Exemplo;

=VF(6%/12;12*5;-500)

Na fórmula acima, você está poupando R$ 500,00 por mês em um período de 5 anos (por isso os 12*5) a uma taxa de juros de 6% ao ano. Na fórmula você precisa dividir a taxa por 12, porque ela calcula usando a taxa mensal. Logo se preferir, você pode colocar o valor mensal direto no campo da taxa de juros.

O valor obtido por essa poupança foi de R$ 34.885,02.  

Ao poupar R$500,00 por mês, em cinco anos, você chegou ao montante de quase R$35 mil!   

Legal, não?  (obs: se alguém quiser compartilhar outras fórmulas, sintam-se livres para deixar nos comentários!) 

Sabendo o valor dos seus sonhos e com a fórmula certa, você saberá o montante que precisa poupar por mês para realizá-los no prazo que deseja!  No exemplo acima, em cinco anos de poupança você pode realizar aquela viagem dos sonhos que tanto almeja!  Ou comprar um carro, dar entrada no sonho da casa própria...


Conhecendo mais o DSOP


Achou interessante a metodologia?  Quer conhecer mais?  acesse o site abaixo;


Posts Relacionados








See ya!

quarta-feira, 15 de março de 2017


www.bancodata.com.br

Hey!

Post rápido de hoje! Conheci esses dias um site bem legal com muita informação sobre instituições financeiras!

O site se chama Banco Data e conta com relatórios de mais de mil instituições! Além de relatórios financeiros, é possível ver a classificação da instituição de acordo com as agências de risco (Moody's, Fitch...)  

Como uma imagem vale mais do que mil palavras, veja abaixo um trecho mostrando o índice de basileia do Banco do Brasil;

Banco Data - Índice de Basiléia do Banco do Brasil


http://bancodata.com.br/relatorio/bb/
Trecho retirado do relatório sobre o Banco do Brasil - veja ele aqui! 


Entre e veja o relatório sobre muitas instituições! - http://bancodata.com.br/
 (tem muita informação, vale conferir!)

Posts para você conferir





See ya!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Investir nos Eua através do ETF IVVB11
Stocks in Brazil! 

O que acha de investir no mercado americano sem precisar sair da Bovespa?


Procura uma forma de se expor ao maior mercado de ações do mundo, mas tem medo de abrir uma conta lá?  Ou teme os tramites de comprar dólares e enviá-los aos EUA?

Saiba que há um jeito de investir nas 500 melhores ações americanas sem sair da Bovespa...

Te apresento o ETF IVVB11!!!

Com o IVVB11 você aplica nas 500 melhores ações americanas.

Para quem quer se expor ao mercado americano (e consequentemente ao dólar) sem muito trabalho (na verdade nenhum trabalho) está ai uma opção.

Este ETF replica o índice SP 500 e tem em carteira ações das 500 maiores empresas americanas.

Está listado na Bovespa desde 2014. Ele é administrado pela BlackRock e tem taxa de administração de 0,24% anual!

Segue um link com mais informações sobre esse ativo = https://www.blackrock.com/br/products/251902/ishares-sp-500-fi-em-cotas-de-fundo-de-ndice-inv-no-exterior-fund

Aqui, um ótimo post do amigo KB explicando alguns pontos interessantes como comparação entre Ibovespa x IVVB11 e outros...


Fica a dica!!!

Lembrando que esse post é totalmente informativo, não sendo  indicação de compra/venda


Posts Relacionados







See ya!

segunda-feira, 6 de março de 2017

A minha meta não cumprida foi manter o carro
Carro é sonho para alguns, e pesadelo para outros...


Adivinhe a meta que estipulei ano passado e acabei não cumprindo dois meses depois?


Sim - troquei de carro!   What a shame!




Após estabelecer que ficaria um tempo com o possante, não deu nem dois meses da compra e a vontade de vender foi mais forte. Logo, acabei vendendo-o para pegar um outro de meu agrado.

Depois de ver seu objetivo fracassar, ou seja, ver sua meta falhar, é interessante esmiuçar, verificar todos os passos que te levaram ao não cumprimento da meta. Será que você não criou um alvo "fora do alcance"?  O empenho para atingir a meta foi satisfatório?

É hora de refletir...

Sobre carros uma dica!  Compre o carro que você quer desde que tenha condições de manter!  Se não, acabará como eu, tendo uma meta não cumprida por erros fáceis de serem evitados...




O que fazer quando seu objetivo não é alcançado? 


O primeiro passo é fazer um detalhamento de tudo que se passou até chegar a falha. Sim, verifique tudo que puder para entender onde você errou. Como disse acima, esmiúce! reveja parte a parte o que levou ao não cumprimento da meta.

Outro passo é verificar se a meta não foi "fora da realidade". As vezes estipulamos metas muito acima das nossas capacidades. Não vejo como algo ruim, pois estimula a sairmos da zona de conforto e ultrapassarmos nossos limites.

Mas, as vezes o objetivo foi muito além do nosso alcance. Se esse foi o caso, a dica aqui é parar e refletir.

E por último, não faça isso!

Não vamos colocar Meta, vamos deixar a meta aberta...
Fonte imagem = http://politicamentequeso.blogspot.com.br/2015/07/meta-do-pronatec-dilma-promete-dobrar-o.html

Você tem como meta empreender?

Você tem como meta empreender e até agora está falhando para alcançar este objetivo?

Confira os passos acima com muita calma. Como disse, as vezes criamos uma meta muito grande e isso torna nossa missão bem difícil. E é comum falharmos. Mas lhe digo - Persista!

Lembre-se! é com os erros que aprendemos...

As vezes nossa meta não é cumprida devido ao seu tamanho
Quantos tentativas foram feitas até o homem chegar na lua?

Voltando a sua meta sobre empreender, abaixo tenho um conteúdo que lhe possa ser útil.

Trago um método que pode te ajudar (e muito) na sua caminhada...

Confira aqui

Por que tive uma meta não cumprida?


Em 2015, eu comprei o carro que queria.  Pesquisei como era o carro, seus problemas comuns, sua manutenção, consumo de combustível, cotei peças básicas, entrei em um fórum especializado na marca.

Acredito ter feito o básico quando se quer um carro digamos diferente, ou seja, um carro que não tem mercado (as vendas enquanto disponível eram baixas)

Infelizmente, hoje vejo que faltou duas coisas para eu ainda estar com esse carro "diferente";

 - A primeira é paciência!  Sim, amigos, paciência.  Errei ao não cotar serviços a ser realizados no carro.  E também errei em contratar profissionais simplesmente pela comodidade que os mesmos me ofereciam e não pela sua qualidade na execução dos serviços. 

 - E a segunda na qual acredito que teria me poupado de todo o sofrimento é uma verificação detalhada do carro! Se seu mecânico de confiança apenas acelera para ver o estado do motor e dá uma volta para sentir como está o carro, entenda que isso não é uma verificação completa!  Isso não é o suficiente para te assegurar de problemas. A verificação completa também não o assegura, mas te dá uma maior noção do que você realmente está comprando.

Dicas do Inglês para não ter uma meta não cumprida


A dica aqui é =  Antes de fechar a compra do carro, leve em uma oficina que irá inspecionar o carro de verdade.  Um exemplo é o mecânico colocar o carro em um elevador para verificar a suspensão e possíveis vazamentos. 

Minha intenção era ter ficado um bom tempo com esse carro, mas devido aos custos com manutenção que estavam ficando mensais, acabei trocando-o por um popular (Gol), não por que era o carro que eu queria, mas sim o carro que deu negócio.

Você pode estar se perguntando, como assim carro que deu negócio?  Vou responder, calma ai rsrs

Como dito acima, comprei um carro que não tem mercado, um carro que não tem boa procura. Aqui comparo com ações de baixíssima liquidez. Se quiser vender rápido, terá que se sujeitar ao valor que o comprador está oferecendo. (Isso se tiver comprador!)

Como eu não quis me sujeitar a isso, deixei o tempo passar até aparecer o negócio que me agradaria (ou financeiramente, ou com um carro que atendesse o que estava buscando)

Ai entra o Gol, consegui pegar um seminovo, em bom estado, e voltando um valor que julguei justo.

Pô Inglês e já o vendeu?  

Sim o vendi.  Dirijo todos os dias e não consegui me adaptar a esse carro. Sinceramente não gostei.  Quanto a vender o Gol, não preciso falar sobre mercado, afinal foi o carro mais vendido durante anos! Então foi muito fácil fazer negócio com ele.


Posts que Você precisa ler!

Mudando de assunto... O que acho sobre a compra do primeiro carro

Saiba que é possível comprar um carro sem sair da trilha a independência financeira!

Bom, todo esse texto ai foi para chegar aqui. Nosso amigo Viver de Construção publicou há uns dias um post falando sobre a compra do primeiro carro (veja aqui)

Com o texto ai em cima, é fácil perceber que eu gosto de carros.  Mas mesmo gostando deles, não me deixei levar por impulsos e acabar gastando mais do que ganho.

Em minha experiência, consegui ter um carro mesmo com baixo salario e ainda assim, manter meus aportes mensais. Lógico que estou com um passivo em mãos ao invés de estar com um ativo. Mas eu prefiro assim.

Como consegui ter um carro e manter os aportes?   Organização e disciplina! Com as contas em dia, aqui entra a planilha financeira, pude planejar a compra do carro sem que afetasse meus aportes.

Eu prefiro buscar a independência financeira com equilíbrio, ou seja gastando e poupando. Não gosto da ideia dos extremos, seja gastando mais do que se ganha, ou poupando mais do que se vive. (falarei mais em um futuro post)  

O carro bem escolhido e planejado, não irá te tirar do rumo a independência financeira.

Então se você está pensando em comprar o primeiro carro, te aconselho a pesquisar bastante. Planeje! Pois é possível ter os dois!  Também, aqui uma dica, compre só depois de ter uma reserva de emergência. E repito, planeje!

Verifique antes da compra se você terá realmente condições de ter o carro que tanto quer.


Não transforme seu sonho em pesadelo!



See ya!    

quarta-feira, 1 de março de 2017

A rico mandou um email sobre aumento das corretagens
Xii... Olha o valor dessa corretagem!

Chego em casa, abro o e-mail pelo celular e me deparo com a imagem acima...

A corretagem atual para o fracionário é de R$4,40 e a do mercado à vista é de R$9,80. 

Praticamente dobraram as taxas!!!

Resolvi postar do celular mesmo!  E também deixo a pergunta...


E agora José?



See ya!

Hey!


Acabou as férias e voltei aos estudos sobre a fórmula mágica de Joel Greenblatt
I'm back!!!

Depois de vinte e poucos dias, estou de volta!  E volto com o fechamento da minha carteira simulada - fórmula mágica Joel Greenblatt.  Vamos ver como ela se comportou esse mês?

Esse mês a carteira bateu o Ibovespa no acumulado do ano!  com 11,73% ante 10,68% do Ibov...   


Vejam a carteira;


Como se comportou a carteira de Joel Greenblatt em fevereiro

Os destaques positivos da carteira vão para CARD3 com seus 101% , SMLE3 com 39% e CVCB3 com  23%.  Já no lado negativo ficaram FIBR3 - 17%, BEEF3 -9% e UGPA3 -3%

Para quem não conhece meu estudo sobre a fórmula mágica, acesse aqui!!!

Cenas do pŕoximo capítulo...


Viram o post do VDC sobre a compra de carro?     Não?  Aqui o linkMeu próximo post será minha opinião sobre o assunto.  Aguardem!!!


See ya!