Metas 2017 e Retrospectiva 2016 - Investidor Inglês

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Metas 2017 e Retrospectiva 2016

Um objetivo sem plano é só um desejo...


Hey!


   E 2016 está chegando ao fim. Como minha retrospectiva desse ano, me forço a ver o lado bom dele, apesar do clima ruim no trabalho tentar me levar para o lado negro da força.
   Na parte financeira, só tenho a lamentar os gastos com meu antigo carro. No mais, consegui passar meu 1 ano de casado com um orçamento bem ajustado (graças a cooperação de ambos).  Na saúde, precisei arrancar  meu dente do siso.
   Já na educação...

Retrospectiva 2016


Trabalho do Inglês  

 

   2016 foi um ano tranquilo na área onde trabalho. Sem inovações ou desafios, foi um ano onde apenas administrei os serviços já existentes. (lembrando que sou da área de TI).

   Os únicos eventos que me deram uma motivação extra foi a invasão do site (que não é de minha responsabilidade, mas adivinhem quem escolheram para resolver?) e um projeto de ampliação da rede que não saiu do papel (iria interligar duas unidades, aumentando a velocidade de acesso aos arquivos e ao mesmo tempo reduzindo custos com links de internet, mas ficou só no papel...  Quem sabe em 2017?) 

   Porém, como dizem "nem tudo são flores"...  Apesar da minha área estar tranquila, não posso dizer o mesmo dos outros setores. Uma palavra para resumir o estado delas -  Inferno! Como meu trabalho é dar suporte a toda a empresa, imaginem o Inglês lidando com pessoas em seus mais altos níveis de stress...

Fonte -  http://vidadesuporte.com.br/

   Fora o ambiente ruim que ficou por causa da crise. Contei um pouco nesse post.

Finanças do Inglês 


   2016 foi meu primeiro ano de casado. Lembro que antes de casar muitos disseram "sofrer" na parte financeira devido a nova situação.  No meu caso, posso afirmar que os dois primeiros meses foram suficientes para a adaptação. Mas longe de sofrermos com as finanças.

   Logo que voltamos da lua de mel, sentamos e definimos como dividiríamos as contas,(aqui conto sobre isso) quem iria administrar o que...  E isso acredito que nos ajudou a não "sofrer" como muitos recém casados reclamam.

   Devido ao nosso planejamento e minha mulher ser bem mais econômica do que imaginava. 2016 só não foi um ano perfeito para as finanças devido ao meu ex-carro.  Cara como gastei com esse "miserávi"!!!   Ao longo de 1 ano e meio em minha posse, gastei 40% do valor dele em manutenção!  

Espero recuperar esse dinheiro em 2017...


Saúde e Educação do Inglês


   Esse ano apesar de manter a academia, acabei engordando uns 6KG!  Fora o ganho de peso, sofri com um dente do siso e resolvi arranca-lo.  Apesar de não ter um bom exemplo para isso, pois minha amiga sofreu bastante com a dentista que fez a cirurgia, a dor que estava sentindo não me dava escolhas a não ser marcar a cirurgia o mais rápido possível.

   Cirurgia marcada, um pouco de medo, e lá vou eu encarar a extração do siso. Em pouco menos de 15 minutos, meu dente foi arrancado. E o melhor, foi muito tranquilo. Mas, (sempre tem um mas...) bastou chegar em casa para começar o sofrimento, cara como dói depois que a anestesia começa a perder efeito! Foram uns três dias até que eu começasse a comer direito. Antes disso, só mingau e sorvete... ( e ainda tenho 3 dentes do siso para tirar)

   Já na educação...  Sinto vergonha em escrever isso, mas tenho que admitir - Não li um livro sequer esse ano! (não façam isso em casa)  Para ajudar a piorar minha situação nesse quesito, também não aprendi nada novo em minha área!  (aprendi algumas coisas, mas pouco, preciso mais...)

   Tentei retornar os estudos em Inglês e Alemão, mas confesso que foram simples demais. Também ficou pesado estudar duas línguas de uma vez. Talvez eu tente de novo, mas vou tentar usando um outro método (assim que o achar, postarei aqui!)

Metas 2017 

  
   Metas!  Não vou colocar uma meta. Vou deixar uma meta aberta. Quando  atingir a meta, eu dobro a meta...    Brincadeiras a parte, estabeleço aqui minhas metas para 2017.  Bora lá! 


   - Ler livros 

   Nem posso colocar ler mais livros devido 2016 como explicado eu não ter lido sequer um livro.  Então defino que lerei pelo menos 6 livros esse ano. 


   - Não girar patrimônio   

   2016 acabei voltando a usar essa prática nada recomendada para a busca da Independência Financeira - Girar Patrimônio.  Acabei me desfazendo de alguns FIIs, uns com justificativa (deixaram de atender meus critérios) já outros...
   Para evitar essa prática, deixo como meta tomar decisões de saída para Ações e FIIs apenas uma vez ao ano. Ou seja, farei uma revisão dos ativos uma vez ao ano (de preferência com todos os balanços disponíveis para analise  
 

   - Diminuir custos com corretagem e custódia

   Cumprindo a meta acima de não girar patrimônio, já deixo de gastar uma grana considerável com corretagem.  Isso por si só já ajuda a atingir essa meta.
Também, para ajudar a diminuir custos, me policiarei para fazer apenas 2 compras mensais na BMFBovespa. Como opero usando a Rico, se eu fizer 2 compras no mês fico livre de pagar custódia.  

   - Não trocar de carro

    Aprendi a lição de quão danoso para as finanças um carro pode ser. Então fica registrado aqui a meta de não trocar de carro.  


   - Perder peso 

   Essa provavelmente é a meta de muitos! rsrs  Mas eu tenho como meta perder pelo menos 7KG até março para voltar a usar meu terno (serei padrinho de casamento)
   E pra atingir essa meta já comecei a mudar meus hábitos alimentares. Já diminui o consumo de pães e massas (algo que eu exagero bem) e também estou me movimentando mais (trabalhar sentado o dia inteiro é ruim meus caros, acreditem)

   - Estudar mais

   Como falado acima, 2016 foi um ano em que aprendi poucas coisas novas. Pretendo em 2017 aumentar meu aprendizado.  Espero melhorar meu inglês, quem sabe voltar a estudar alemão e quem sabe francês (Canadá meus jovens... quem sabe uma imigração para lá)   
   Além dos idiomas, voltar a estudar alguns temas em minha área já esquecidos. Dependendo como for o ano, até buscar uma certificação (mas isso deixo como opcional)

   - Hobbies

   Um hobby esquecido que voltei a fazer, é tocar violão.  Que em 2017 eu utilize meu violão mais (quem sabe a guitarra também)   E deixo como dica anti-stress para vocês.  Aprendam a tocar algum instrumento!

Essas são minhas metas para 2017!   Espero no final de 2017 voltar aqui contar como foi e se cumpri-las.

Como esse é meu ultimo post deste ano,  já deixo aqui um Feliz Ano Novo para vocês!


Take care guys!   Until next year...   



See ya!
  

13 comentários:

  1. Feliz Ano Novo Investidor Inglês,

    Também pretendo diminuir os custos da carteira em 2017, sucesso pra alcançar suas metas.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz Ano novo Aportador!

      Sucesso para você também!

      Abraço!

      Excluir
  2. Só tenho uma meta pra 2017: ganhar na mega da virada! kkk
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Sucesso em 2017 guerreiro!!
    Admiro bastante seus posts.
    Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IM! Sucesso para você também meu caro!

      Valeu!

      Abraço!

      Excluir
  4. Olá II,
    Tomara que atinja as metas estabelecidas.
    Feliz ano novo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy!

      Obrigado, espero atingi-las!

      Feliz ano novo!

      Abraço!

      Excluir
  5. Quantificar metas ajuda a cumpri las

    ResponderExcluir
  6. Olá Scant!

    Concordo! Acabei deixando vago as metas de estudo e hobby...vou quantifica-las!

    Valeu!

    ResponderExcluir
  7. Grande II

    Feliz 2017

    Sobre as metas dos livros, eu também me cobro mais leitura de livros, lembro que quando jovem lia 2 por mês depois foi diminuindo até a ficar com 2 por ano com muita dificuldade.

    Fiquei refletindo sobre isso. Não é que estejamos lendo menos hoje. Pelo contrário acho até que leio bem mais que antes. A forma de consumo está mudando muito. Hj lemos muitos blogs, sites de notícias, artigos e vídeos sobre finanças entre outros.

    A quantidade de blogs e artigos de finanças que leio daria um livro por semana. Ou seja acabamos lendo bem mais porém de outras fontes diferente de livros. É o ideal? Creio que não. Nada substitui um bom livro, boa parte dos blogs abordam apenas a parte superior dos assuntos, mas infelizmente é assim que o mundo gira hoje

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vdd!

      Feliz 2017!

      Concordo, se pegarmos o tanto que lemos na internet...Mas como vc falou, são superficiais comparados a um livro.

      Estou gostando bastante da Revolta de Atlas. Já o leu?

      Abraço

      Excluir